Rescaldo Dragomante

Foram uns dias bem mexidos, e só agora pude vir aqui dedicar umas palavras de agradecimento a todos os que compareceram ao Coimbra BD para comprar o Dragomante e para uns dedos de conversa. O evento correu acima das expectativas, o convívio com autores e leitores foi muito agradável, a cavaqueira não o foi menos, e esgotaram-se os exemplares do livro em português, o que nos obrigou a vender uns quantos em inglês a uns leitores poliglotas e estudantes de intercâmbio da universidade.

Mais especial ainda do que isso – pelo menos para mim, a nível pessoal – foram os momentos de nostalgia. Houve em Coimbra quem tivesse estado presente no lançamento do Talismã, com as dedicatórias para o confirmar, e quem tivesse marcado presença no já longínquo Fórum BD de 2003, como o António Isidro, que teve a amabilidade de me enviar o esboço que o Samuel Santos na altura lhe fez.

Não queria também deixar de fazer o protocolar mas sentido agradecimento à câmara de Coimbra e aos organizadores e colaboradores do evento, que se certificaram de que tudo corresse sobre rodas e que nada faltava aos artistas convidados. E pedir desculpas ao Manuel Morgado, porque assinar livros é fácil e rápido, mas é cruel ir empilhando os exemplares diante do artista para ele se esfalfar a desenhar enquanto eu me refastelo e vou falando com os leitores.

This entry was posted in Ao vivo. Bookmark the permalink.