Filipe Faria
9 members
17 photos
11 links
Canal do autor
Download Telegram
to view and join the conversation
Um Bom Ano Allaryiano (e não só)

E assim se passa mais um ano. Consegui (em grande parte) a minha anterior resolução de ser mais participativo neste espaço, e o livro, embora longe do meu utópico desejo…

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/01/um-bom-ano-allaryiano-e-nao-so/
Inguinação

Desejo ardente de vingança. Em nada relacionado com «inguinal», mas aparentemente com «guina» (gana, grande apetite), a origem obscura deste termo ajuda ao encanto da ânsia primordial que veicula.

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/02/inguinacao/
Parece-me exagerado dizer que há um português em cada canto do mundo. Mas cada vez mais me convenço que há um pedacinho de Portugal por tudo quanto é sítio (Mostar, Bósnia e Herzegovina)
Aeroportos são locais surpreendentemente produtivos para a escrita, devo dizer. Nada como mudar ocasionalmente de ambiente para obrigar a uma sacudidela da canalização dos sucos criativos.
Dungeons & Dragons

Tudo começou com O Senhor dos Anéis, que não só espoletou em mim uma vontade de criar, como também deu origem a uma fome insaciável de ler mais fantasia e…

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/07/dungeons-dragons/
Amesendar

Fazer sentar ou sentar-se à mesa. Posso ser prolixo, mas o estar cada vez mais embrenhado na banda desenhada e no espaço limitado dos balões deste meio faz-me dar graças…

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/08/amesendar/
O resultado de uma sessão de escrita razoável. Por este andar, a Oitava Era será o 5º livro mais rápido das Crónicas. Se conseguir terminá-lo antes de 12 de Fevereiro, será o 2º...
Subscrições

Acabam de ser reimplementadas as subscrições ao blogue. A saber: E-mail: Todos os subscritores da antiga lista foram contactados. Tenham a bondade de se reinscrever aqui, caso tenham interesse, porque…

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/09/subscricoes/
Como tenho alergia, aversão e animosidade ao Facebook, já vi isto tarde. Mas, para quem tiver curiosidade de ver o que o Manuel Morgado anda a aprontar para o Dragomante II, dêem um salto à página dele.

https://www.facebook.com/manuelmorgadoillustration/videos/10216195459545934/
Hoje foi um bom dia de escrita, quase ao nível do teclar trovejante dos tempos do Vagas de Fogo. E vai outro capítulo.

Nuns dias escreve-se mais, noutros, menos. O importante é ser-se consistente.
Progressos Dragomante

Como talvez tenham reparado, o Dragomante II também vai avançando bem, e devo concluí-lo em breve. Nem sempre tenho tempo para me dedicar a ele todos os dias, mas, uma…

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/13/progressos-dragomante/
Tenebricoso

Obscuro; perturbado da vista ou do entendimento. Pentassílabos são sempre complicados de integrar no nosso léxico, mas este é daqueles que merece, porque um quarto tenebricoso não é o mesmo…

https://www.allaryia.com/pearnon/2020/01/14/tenebricoso/
"Mísula". Levei demasiado tempo a descobrir esta palavra e agora vejo-a por todo o lado a gritar-me o quão óbvia era. Espero que quem não a conhecer pelo menos a registe quando ler o livro.
Christopher Tolkien (1924-2020)

Só hoje soube da morte de Christopher Tolkien, um dos poucos filhos de grandes homens que mostraram ser dignos do legado dos pais. Foi curador, conservador e provedor daquela que…
Tresler

Ler de trás para a frente. Perder o juízo, de tanto ler e estudar. Conheci umas quantas pessoas que liam o jornal às avessas e tenho pena de só agora…
Acabo de gastar um bom quarto de hora a arranjar um nome para uma personagem que é mencionada uma só vez e nem chegará a aparecer. Incrível, a quantidade de nomes femininos começados por "Ag" que efectivamente existem...
Uma cara nova

Apresento-vos Dioaed Belyth, a mais nova personagem das Crónicas. Não ia ser mais que um nome referido um par de vezes em pensamentos e conversa, destinado quando muito a ser…
Qual o comentário mais frequente - ou mesmo inevitável - quando se ensina outra língua a alguém? "Vocês falam tão depressa".
É uma notória falta de autopercepção, porque todos os falantes de todos os idiomas do mundo o fazem. Faz parte da natureza humana atalhar e poupar esforços, procurar lacunas em sistemas e furtar-se à complexidade que se coloca entre o ponto A e o B. Sei disso muito bem, porque o meu nome tem três sílabas, e toda a vida eu próprio o pronunciei com uma só.
Lembrei-me disto no meu passeio de hoje, quando vi a questão tão perfeitamente encapsulada pelo carreiro acima: Pode ser mais fácil e rápido, mas fica sempre um pouco mais feio quando se corta etapas.
Alanzoar

Dizer coisas à toa. Volta e meia, gosto de me aventurar a tentar adivinhar a origem etimológica das palavras, e esta fez-me pensar no termo «lanzudo» – ou seja, algo…