Centenário

Sou o tipo de pessoa que não faz sequer grande questão de celebrar o seu aniversário, quanto mais marcos arbitrários como a centésima entrada de um blogue. Ainda assim, não pude deixar de o fazer nesta instância, pois cem artigos é algo de assinalável para alguém tão sorumbático quanto eu. E sim, sei que fala o homem que escreve regularmente livros com mais de quinhentas páginas e agora se gaba de cem entradas no seu blogue pessoal ao longo de sete anos. Não me estraguem o momento.

Como que em preparação para este “evento”, nesta Feira do Livro recebi uma prenda antecipada da parte de uma das novas leitoras que este ano surgiram, a Margarida, cujo nome espero não estar a trocar e cujo bonito marcador feito à mão e inspirado pela sua viagem em Allaryia aqui deixo registado:

marca1E sim, para quem se lembra, há pelo menos um pássaro que sofre um triste destino nas Crónicas.

E não, não me esqueci que fiquei de falar acerca da minha (falta de) produção literária este ano. Fica para a centésima primeira entrada.

This entry was posted in Allaryia. Bookmark the permalink.

Comments are closed.