O regresso da litortura

Atendendo à actual situação, a Comic Con não tem tido mãos a medir com ajustes de horários e mexidas nas listas de participantes, e a coisa esteve meio indefinida até há pouco. Muita coisa aconteceu, muita água correu, e muito ajuste se teve de fazer, mas hoje julgo que já posso dar novidades sem correr …

O regresso da litortura Ler mais

Stickers draconianos

O Manuel está muito ocupado a dar ao pulso para terminar o Prova de Fogo a tempo, mas volta e meia lá se distrai e faz coisas como o primórdio de um conjunto de stickers baseados no Dragomante. Ainda só há três, mas ele há-de ir acrescentando mais no futuro, e já dá para transmitir …

Stickers draconianos Ler mais

Pensar

Dar penso a; fazer curativo. Alimentar gado. Esta não vai bem ao encontro do espírito da rubrica, porque não se trata de uma palavra caída em desuso, e os seus outros significados que aqui assinalo são demasiado abstrusos. Mas achei piada, e «pensar» uma ferida tem que se lhe diga.

A coisa está preta…

…na Presença, pelo menos. E por ocasião da Black Friday, claro está. Com a excepção d’A Manopla de Karasthan e A Oitava Era, todos os meus livros publicados na casa-mãe estão disponíveis com descontos que vão de 40 a 62%, além de contarem para a promoção 4 Livros por 25€. Tecnicamente, os 10% dos livros …

A coisa está preta… Ler mais

As virtudes de relaxar o rigor

Hoje foi dia de castigo, e foi bastante produtivo. Por uma série de razões, ontem não me foi possível cumprir a meta acordada do mínimo de 1000 palavras diárias. Acontece, já era tarde, e não ia ficar a pé até ouvir os passarinhos cantar só para chegar à marca dos quatro dígitos, até porque ainda …

As virtudes de relaxar o rigor Ler mais