Parabéns, Manopla

Parabéns nem atrasados, nem antecipados. É só porque já ninguém sabe precisar ao certo qual foi o dia, além de que persiste um ponto de discórdia entre aqueles que afirmam que a Manopla de Karasthan nasceu aquando da entrega do Prémio Branquinho da Fonseca, e os que algo razoavelmente insistem que não se pode dizer que um livro tenha verdadeiramente nascido enquanto não tiver sido publicado. Mas Novembro de 2011 já lá vai, e Abril de 2012 está quase a acabar, por isso… olha, parabéns e desculpa lá qualquer coisinha.

Não era bem este o tipo de festa que eu tinha imaginado, mas para a Manopla fica a intenção e para os leitores fica o seguinte e merecido esclarecimento.

A ideia original para comemorar o 10º aniversário d’A Manopla de Karasthan passava por disponibilizar ao público uma versão comemorativa do primeiro volume das Crónicas (o equivalente a uma «versão do realizador», tal como anteriormente referi). Basicamente, haveria duas versões do mesmo livro à venda no mercado, porque a mais recente edição da Manopla ainda não esgotou, e a tal «realidade do mercado livreiro actual» de que falei não passava de uma prova de bom senso de quem se mostra reticente em ter à venda dois produtos «iguais», quando um deles é só «melhor».

Noutros tempos, esta ideia talvez tivesse sido praticável, mas na actual conjuntura em que vivemos isso simplesmente não seria exequível, pelo que se optou pelo seguinte: publicar a edição comemorativa da Manopla como livro digital, de forma a não deixar passar o 10º aniversário, e em papel quando a mais recente edição esgotar, altura na qual a nova versão tomará o lugar da antiga e lhe concederá o estatuto de edição de coleccionador. Ou coisa parecida.

E pronto, é isso. A Manopla de Karasthan vai aventurar-se pelo admirável mundo novo do mercado electrónico e estreará o catálogo de livros digitais contemporâneos da Presença. Contava ter já hoje uma data para vos disponibilizar, mas finda esta semana, ainda não me souberam dizer quando estará à venda. Posso contudo adiantar o seguinte a quem porventura estiver interessado: caso tencionem dar um salto às feiras do livro de Lisboa e Porto, espera-vos lá uma promoção interessante, por isso esperem até lá…

This entry was posted in Allaryia. Bookmark the permalink.

Comments are closed.