Anamneses

Música em Allaryia

Os excertos que servem de introdução e créditos no Litortura Nacional espicaçaram a curiosidade de alguns leitores que não seguem este espaço assiduamente nem estão no canal Telegram (por que esperam?). Tratam-se de excertos da orquestra de câmara composta pelo Gonçalo Lourenço, maestro magistral e amigo de já longa data, cujas andanças musicais podem acompanhar …

Música em Allaryia Ler mais

Nightfall on Middle-Earth

No longínquo ano de 1998, a escrita d’A Manopla de Karasthan prosseguia, não a um ritmo febril, mas com cada vez maior consistência e solidez. Ainda estava muito longe de imaginar que aquilo alguma vez daria um livro, muito menos uma obra publicada, mas nem por isso me sentia menos empolgado a escrever a história. …

Nightfall on Middle-Earth Ler mais

O Verão de 1995

Recuando alguns anos da última anamnese, 1995 foi o ano em que as coisas começaram a tornar-se verdadeiramente sérias. Tinha eu 13 anos e já andava com ganas de criar um mundo de fantasia desde os 12, após ter lido e devorado a tal história sobre senhores e anéis. Ou seja, já tinha a cabeça …

O Verão de 1995 Ler mais

Rabiscos

2001/2002 foi uma época estranha e emocionante. Estava a estudar Línguas e Literaturas Modernas (Inglês/Alemão) na faculdade, era vencedor do Prémio Branquinho da Fonseca e sabia que o meu livro ia ser publicado. Agora mais do que nunca, a minha cabeça estava dividida entre dois mundos, entre o mundo real dos estudos e o cada …

Rabiscos Ler mais

Avestruzes

Enquanto roo as unhas em mal contida antecipação da confirmação das novidades que gostaria de vos dar, achei por bem retomar a rubrica «Anamneses». Mas, desta vez, vou falar uma vez mais de avestruzes. Leitores de longa data deste espaço certamente que não se esqueceram do famigerado Leopoldina e a Ordem das Asas. Não se …

Avestruzes Ler mais