Outros

Uma questão de metalidade

Tem sido uma fase de adaptação, ultimamente, com muitos ajustes e mudanças. Como não me tenho cansado de o dizer, ao ponto de talvez começar a ser repetitivo (prometo que tão cedo não torno a falar disto). Muitas coisas deixaram de ser como eram, mas outras parece que eu julgava apenas que iriam deixar de …

Uma questão de metalidade Ler mais

Um pedido de desculpas

Não, este não é um dos meus pedidos de perdão semestrais por deixar este espaço em silêncio por um período de tempo mais prolongado. Trata-se, isso sim, do reconhecimento de uma falta minha, numa altura em que me estou a queixar precisamente dela. Como já antes referi, estou casado perante Deus, mas não perante César, …

Um pedido de desculpas Ler mais

A Terra do Sempre

Nos tempos de escola, eu era o rapaz solitário que fazia as coisas a seu ritmo, no bom e no mau sentido. Fui o disseminador de bandas de power metal no meu ano, mas comecei a usar jeans rasgados um semestre depois de os meus colegas o fazerem, por exemplo. E sempre me apegava mais …

A Terra do Sempre Ler mais

Bom Natal

Desculpem o recente silêncio, mas o tal novo capítulo na minha vida já começou, e não tem sido fácil dedicar-me aos dos livros. Só não queria deixar de desejar uma santa consoada a todos e pelo menos uma noite que vos recorde a todos o que há de mais importante.

As virtudes de relaxar o rigor

Hoje foi dia de castigo, e foi bastante produtivo. Por uma série de razões, ontem não me foi possível cumprir a meta acordada do mínimo de 1000 palavras diárias. Acontece, já era tarde, e não ia ficar a pé até ouvir os passarinhos cantar só para chegar à marca dos quatro dígitos, até porque ainda …

As virtudes de relaxar o rigor Ler mais