De volta à carga, enésima parte

Sinto-me um pouco ridículo a cantar de galo, quando escrevi pouco mais do que dois parágrafos e uma série de ligeiros ajustes aos anteriores, mas a escrita faz-se muitas vezes de pequenas vitórias. Não é fácil, regressar a frio a uma cena de combate particularmente caótica, e senti-me como um coreógrafo que voltava cheio de …

De volta à carga, enésima parte Ler mais

Analéptico

Próprio para restabelecer as forças É a palavra adequada para assinalar o meu regresso ao activo, após três semanas com a minha noiva na Bósnia. Agora, toca a reler o que já escrevi d’Os Filhos do Caos, dar ao dedo e preparar o próximo episódio de Litortura Nacional.

Sensessão

Obrigado a quem marcou presença (já nem é para tentar ter piada, a sério) no Sábado. É sempre um prazer rever quem só vem dizer olá, conhecer novos leitores que tiveram a bondade de dar um tiro no escuro com um autor desconhecido, e falar com leitores de longa data que, por este ou aquele …

Sensessão Ler mais

Feira do Livro de Lisboa 2021

Como já tem vindo a ser hábito ao longo dos anos, estarei na Feira do Livro de Lisboa no dia 28 de Agosto, das 17h às 19h, numa sessão semi-conjunta com os indefectíveis Rafael Loureiro e Sandra Carvalho. E sim, acho que também usei «indefectível» no ano passado num anúncio semelhante. Gosto da palavra, o …

Feira do Livro de Lisboa 2021 Ler mais

Recender

Emitir aroma penetrante; exalar cheiro activo e agradável. Consoante o lugar onde vivem, por esta altura do ano já terão muitas plantas a fazê-lo. Ou então as patuscadas de Verão, feitas por vocês ou feitas convidadas através de janelas abertas. Confesso que prefiro a forma «rescender», embora soe mais agressiva.