Litortura Nacional

Célia Loureiro

A Célia Loureiro não tem papas na língua, não papa grupos e não deixa que lhe comam papas na cabeça. Talvez por intolerância à lactose, ou talvez por ter de facto opiniões e não ter medo de as partilhar, como não se coíbe de o fazer naquela que talvez seja a mais controversa entrevista deste …

Célia Loureiro Ler mais

Jorge Coelho

Baixista de voz branda, ilustrador de banda e ilustre artista de banda desenhada, o Jorge Coelho já desenhou de tudo, desde cafés a guaxinins, e inaugura aqui a rubrica «O Que É Nacional É Bom», porque nem só os escritores portugueses são artistas.

Tiago Costa

Quem se lembra das saudosas «Aventuras Fantásticas»? O Tiago Costa lembra-se muito bem, não se deixou desanimar pela falta de interesse do mercado na ficção interactiva e está decidido a provar que o livro-jogo é tão viável como qualquer outro. Após «O Voo do Corvo», vejam agora a que outros voos ele se propõe.

Videoconferências em plena pandemia afinal não são fáceis

Para quem talvez se possa estar a questionar, está tudo bem com o Litortura Nacional. A ausência de novos episódios nos últimos tempos deve-se a problemas de calendarização, indisponibilidade geral de muitas pessoas que, de repente, se viram com mais filhos em casa e menos paciência, e problemas técnicos que vieram a confirmar a minha …

Videoconferências em plena pandemia afinal não são fáceis Ler mais

Tineta

Apego excessivo ou obsessivo a uma ideia ou intenção. Era o que estava a acontecer ao conceito do Litortura Nacional. Por isso, e após me terem sido feitas várias abordagens, decidi expandir o seu âmbito e ir além da literatura, criando para esse efeito a rubrica O Que é Nacional é Bom. O principal foco …

Tineta Ler mais